quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Seja Alho!

Seja alho!


Hoje depois de deixar meus filhos na escola, me ocorreu um pensamento: se Deus fosse falar diretamente para donas de casa ele usaria uma analogia com o alho e não com o vaso de barro (Jeremias 18). Claro que essa comparação veio a mim porque eu amo alho Rsrs

Já escutei inúmeras pregações sobre Jeremias descer a casa do oleiro e observar como se faz e refaz um vaso de barro. Assim também como já ouvi inúmeras pregações sobre ser sal da terra (Mateus 5:13). Já imaginou o que seria juntar essas duas comparações? Ser alho!

Em quase tudo o que eu faço na cozinha eu ponho alho, mas tem um detalhe que aprendi com minha vó Dita: O alho amassado dá muito mais sabor na comida do que o alho inteiro ou picado. E outra coisa, quando você amassa o alho no pilão... bem amassadinho ... quando ele vai pra panela de feijão ou de arroz ele fica praticamente invisível. Mas o sabor... ah isso faz toda diferença.

Já ouvi também muitas vezes uma frase famosa de Albert Einstein: “Somos todos geniais. Mas se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em árvores, ele passará a vida inteira acreditando ser um idiota.“ Essa frase, apesar de não ser um versículo bíblico, traz uma sabedoria divina para qualquer discussão: ela fala de propósito de vida. Ora, os peixes não foram criados para subir em árvores, mas para nadar na água. Já até vi algumas espécies de peixes em programas de TV que pulam tão alto da superfície da água que talvez até conseguiriam subir em alguma árvore. Mas a questão é a seguinte: eles foram criados para isso?

Vamos voltar ao nosso assunto ~almoço da semana~

Já imaginou trocar a proporção de arroz ou feijão por alho na sua comida? Eu sempre faço meio quilo de feijão ou arroz por vez e uso 4-5 dentes de alho para cada meio quilo. Já pensou em usar meio quilo de alho para um pouquinho de arroz e o feijão? Não dá né? O propósito do arroz, do feijão e do alho são bem diferentes.

OK ok chega de tanta divagação sobre comida, o que isso na prática ajuda minha vida real?

Deus constituiu a família e deu a cada componente dela propósitos diferentes. Homem, mulher e filhos tem propósitos diferentes dentro da família e cabe a nós cristãos aprendemos na palavra de Deus o que ele quer que cada um de nós façamos. Um bom texto para começar a entender isso é Efésios 5:22-23.

Sim queridos leitores se você chegou na leitura desse texto até aqui me atrevo a dizer a vocês o que a Bíblia ensina sobre o matrimônio: o homem é o provedor e a mulher ajudadora do marido. O homem deve ser o líder da família, a mulher submissa a liderança do marido. Os filhos devem ser ensinados no temor do Senhor, aprender seus estatutos, sua lei, sua graça e misericórdia e esse ensino deve ser feito pelos pais.

Se nós mulheres julgarmos o nosso sucesso pela capacidade de sermos provedoras do lar, estaremos fadados a nos sentirmos frustrados pelo resto de nossas vidas. Não é esse nosso propósito. Claro, óbvio e evidente que isso não quer dizer que a mulher não pode trabalhar ou ajudar no sustento da casa, alguns peixes quase voam … Mas se deixarmos de lado a nossa principal missão de edificar o nosso lar (Provérbios 14:1) todo nosso propósito de mulher cristã dado por Deus estará comprometido.

Todos nós temos sonhos e aspirações mas a BÍBLIA nos ensina a negarmos a nós mesmos, tomarmos a nossa Cruz e seguirmos a Jesus (Lucas 9:23) . A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável (Romanos 12:2). 

Há alguns anos Deus tem me ensinado pouco a pouco essas coisas, mas hoje ele falou comigo assim: seja alho!


Hellen NSL- Blog Cristã e Chic 

Um comentário:

  1. Oii Hellen... Ótimo texto! Confesso, comecei a ler no Insta por causa do alho, kkkk. E vim terminar aqui! Também precisamos renunciar ideologias para seguir a Cristo! Um abraço;*
    Blog Virtuosas com Estilo

    ResponderExcluir