terça-feira, 20 de setembro de 2016

Vestido + Maxi Cardigan


Sempre falo que uma das coisas que me fazem gostar de uma roupa é o fato de eu poder usá-la por muitos anos. Eu não tenho essa leseira de não repetir roupa não, pelo contrário, quando gosto de uma roupa quero vesti-la para sempre <3
Quando aquela roupa que eu gosto muito acaba (é, às vezes acontece) eu procuro uma muito parecida para ficar no lugar daquele look que partiu...
Mas esse não é o caso desse vestido
Por muitos anos fui a "garota bege" toda roupa bege que eu via, queria.
Esse vestido é desse tempo, acredito que se fosse vermelho ou azul, não o amaria tanto, ou já teria enjoado dele. Ele é assim, discreto, básico e bonito.
Tudo bem que também mantenho algumas peças no meu guarda-roupa para controlar o meu peso kkkkkk, quando não tá cabendo mais... é hora de fechar a boca. Esse vestido também cumpre essa função.
Na ídeia original, mandei colocar uma barrinha para ficar um tiquinho mais comprido e como não encontrei um tecido na cor exata, coloquei um detalhe de renda, na época tambem fiz um bolero com a mesma renda. O bolero morreu e por alguns anos fiquei sem um subistituto à altura. Recentemente fui a uma formatura e lembrei que fazia tempo que não usava esse vestido e resolvi testar com o meu Maxi Cardigan, num é que eu gostei? 
Aí já sabe né? Desenterrei o vestido e agora tô usando direto hehehe
Achei uma foto de 2011 na minha idéia de look original: com bolero e meia preta e coloquei uma na versão mais recente: com o cardigan.

E vocês? Também gostam de roupas velhinhas?
Créditos:

Vestido: Adrikin
Maxi Cardigan: Caedu
Sapato: Santa Lolla
Bolsa: Peba, dessas lojas de importados













Desafio Troca de Estilos com Gaby Amarantos na Discovery Home & Health


A Paz do Senhor!

Quem me acompanha no Instagram @cristaechic e na página do Facebook deve ter visto que um dos últimos looks que eu postei por aqui apareceu no intervalo da estreia do programa da Gabi Amarantos, o Troca de Estilos. 

Minha irmã tinha me mandado o link da promoção pelo whatsapp, era umas 11 da noite, tava morrendo de preguiça, mas resolvi repostar um look do perfil do @cristaechic no meu perfil pessoal.

E num é que eles gostaram da foto?!?!

Vcs sabem que já faz um tempo que não tenho levado esse blog com a mesma responsabilidade de outrora...

Para mim foi como um gás para um recomeço

Enfim, aí está o vídeo que eu gravei da TV hehehe

Sim, fiquei na frente da TV com a camera do celular ligada um tempão rsrsrs

Aí está meus 2 segundos de fama:



Bjs

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Vestido Longo Floral


Segunda - Feira
01 08 2016

"Finalmente a nômade Hellen encontrou um lugar digno de programar a câmera do seu celular em modo burst e tirar fotos para seu blog sozinha. Apesar de ter se mudado há 4 meses, nenhuma parede reunia as combinações necessárias para esse feito, mas nesse dia ímpar, isso foi resolvido."
Aguardem os próximos capítulos!

Eehehhehehehehehehhe

:D

---------------- 38 dias depois ---------------

Olá leitoras! 

Sim, faz mais de um mês que comecei a escrever esse post. Tempo tem sido uma coisa rara na minha vida nos últimos tempos, mas isso é asunto para outro post.

Para voltar a nossa temporada de looks tirei foto com o meu vestido longo floral pau pra toda obra. A maioria das minha roupas tem sido assim: Aquela roupa que dá pra você ir a praia, shopping, restaurante, aniversário, casamento, casa da sogra, dormir, comprar pão, estudar e ir para a igreja.  Sim, já fz tudo isso com esse vestido, variando apenas os acessórios. Uma bolsa maior ou menor, um casaquinho ou não, um chinelo havaiana ou um salto fazem a diferença para cada ocasião.
 Para tirar foto, coloquei um salto e uma maxi bolsa, mas vou confessar que prefiro usar esse vestido com chinelo mesmo.

Mas pra eu tirar outra foto com chinelo ......zZZZZzz ...

Ia demorar mais um mês, então tô postando mesmo assim.

Um abraço, em breve novidades!




Créditos:

Vestido: Vida Linda
Bolsa: Arezzo
Sapato: Andarela
Cinto: Era a alça de uma bolsa que eu mandei colocar uma fivela :D

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Política, Religião e Futebol

Política, Religião e Futebol

Há um ditado popular que diz que "Política, Religião e Futebol não se discutem", é uma bela frase, concordo, e por muito tempo acreditei que fosse verdadeira.

Com a maturidade e minhas ~reflexões filosóficas introspectivas~ comecei a perceber que essa não é uma máxima tão inteligente. O que faz eu não querer conversar sobre determinado assunto? Entre tantos motivos que poderia citar, um único é o que me faz pensar que essa frase é falsa e pobre: Eu posso estar errada.

Quando eu evito ouvir opiniões contrárias às minhas, a respeito de qualquer assunto, estou dizendo abertamente: Não tenho certeza da minha opinião, não saberei lidar se o meu argumento for desbancado.

Então passei a prestar atenção em quem pensa diferente de mim e a tentar entender por que as pessoas assim o fazem. Acredito que discutir (no sentido de conversar, não brigar) com quem pensa diferente me faz mais inteligente e com uma visão de mundo maior do que a que meus olhos podem alcançar. Ouvir quem pensa diferente de mim faz com que eu fortaleça as minhas convicções, ou as abandone.

Quando ouço e entendo por que as pessoas pensam diferente sempre acabo no fim de uma estrada com dois caminhos: Ou me convenço que o meu argumento é mais forte e verdadeiro, ou eu vejo o quanto estava cega e equivocada em minhas certezas. De qualquer forma, saio ganhando. 

Espero continuar a ouvir e tentar entender aqueles que pensam diferente de mim, independente do assunto. Mudar de opinião, de caminho e de time não é vergonha a ninguém, pelo contrário, é um atestado de que você passou a entender por que fez tais escolhas. 


quarta-feira, 2 de março de 2016

Saia Floral - Uma saia, três looks

Olá!!!!

Para quem estava com saudade de looks por aqui, neste post tem logo três!

Vou confessar que tinha planejado fazer três posts diferentes mas... 
ZZzzzzZZZzzz.....
a preguiça foi maior
Então vamos 3 looks em uma tacada, ops, post só

Para começar sempre gosto de contar a história dos Looks. Algumas pessoas já sabem que minha mãe tem uma loja de confecções, a Casa da Moda, então de vez em quando eu ganho uns "brindes" de lá. Essa saia era na verdade um vestido que estava com defeito na parte de cima, e pra ser sincera não sabia se gostava ou não dessa estampa. Achei ela tão Falcão...

Bem, para não perder o vestido pelo pé, resolvi cortar e fazer uma saia. (na verdade fiz isso em vários vestidos por diversos motivos, espero mostrar aqui em breve). 

Vestido de estampa difícil é uma coisa e saia de estampa difícil ... é completamente diferente.

Uma estampa tão gritante me mandava colocar uma blusa branca e pronto, mas nesse dia eu estava com coragem de pensar um pouco mais em combinações. 


O primeiro look fiz uma mistura de estampas básica. Combinei a estampa xadrez suave da blusa com o floral gritante da saia. Por fim, acrecentei uma bolsinha que ganhei há um bom tempo de uma amiga. Apesar de louco, achei que ficou harmonioso.





Créditos:

Blusa: Rovitex
Saia: Vestido Bruss reformado
Bolsa: Foi presente, não tem marca
Sapato: Arezzo



O segundo look combinei a saia com uma camisa jeans dip dye. Dei um nó para ficar mais cool. Sempre que uso camisas assim, uso uma regata por baixo, nesse caso coloquei uma rosinha clara.
Créditos:
Camisa: Maria Xique
Regata: Licor de Cassis
Saia: Vestido Reformado Bruss
Sapato: Arezzo
Bolsa: M.Officer


Por último, mas não menos importante o look mais louco que eu já fotografei por aqui. Confesso, ainda não usei esse na rua. Esperei passar o carnaval para ninguém achar que eu tava indo pro cafuçu. (cafuçu é um bloco do pré-carnaval de João Pessoa onde as pessoas vestem roupas bregas e descombinadas, mas eu não frequento blocos de carnaval há mais de 10 anos, desde quando me converti) Talvez a comparação não pareça tão haver com o blog, mas aqui em Jampa é comum dizer que a pessoa tá parecendo um cafuçu em alguns casos kkkkkk

Apesar de louco, eu gostei. Um dia levei essa roupa para casa da minha mãe, eu ia sair para algum lugar e iria me arrumar lá, ela não deixou eu usar kkkkkkkk. 

Admitam que nem todas as blogueiras de muóda revelam essas coisas. 
uahauahuauauhah 


Créditos:

Blusa: Made in China
Saia: Vestido Bruss reformado
Sapato: Carmen Steffens
Cinto: Peba
Bolsa: Foi presente, não tem marca



Beijos pessoal. Até a próxima!



segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Look cara de mãe


Viva a Internet!

Gente passei uns meses (sim meses!) só usando a internet do celular e sem condição nenhuma de postar algo por aqui. Mas agora sai do século passado e estou de volta a era cibernética!

Minha cara tá meio séria nessa foto que eu tirei há alguns meses...  mas eu tô bem feliz agora digitando isso aqui.

O look é mais do mesmo que eu sempre uso (e daí né?): blusa folgadona e saia lápis. Adoro estampas de vovó, acho que essa blusa me deu uma cara de mãe. 

Mães, não tenham vergonha de parecerem mães!

Em breve mais posts! ;D


Créditos:

Blusa: Hollin Stone
Saia: Jampy
Sapato: Andarella
Bolsa: Arezzo

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

I Fórum Evangélico Pessoense de Drogadição




Prometi que avisaria dos eventos importantes com antecedência e aqui estou eu!

Nos dias 25 e 26 (Quarta e Quinta desta semana) de Novembro de 2015 acontecerá na Primeira Igreja Batista em João Pessoa o I Fórum Evangélico Pessoense de Drogadição. 

Infelizmente hoje em dia a maioria das pessoas tem amigos, familiares ou conhecidos envolvidos com drogas. A situação só tem piorado nos últimos anos. Como nós evangélicos podemos fazer nosso papel de sermos influenciadores dessa geração? Resposta: Adquirindo conhecimento para prevenir o contato dos nossos jovens com as drogas, tratar aqueles que cairam mas não sabem como sair e saber como ressocializar as pessoas que abandonaram o vício e enfrentam preconceito e vergonha para retomar suas vidas.

O site do Fórum é esse aqui: combateasdrogas.com

Lá você encontrará informações sobre inscrições, palestrantes e etc. 

Quero deixar aqui a relação dos temas abordados


O drama das famílias afetadas - Deusimar Guedes - OAB/PB

A igreja inserida nas escolas - Luciano Baruque - Goiânia/GO

A igreja como centro de apoio - Márcio Meira - Fundação RV

O papel da igreja no combate as drogas - Nelson Massambani - IBC

Drogas em ambientes escolares - Polyanna Laura - PROERD

A cultura das drogas - Saulo Duarte - Cidade Viva

Oportunidade de serviço e possibilidade de parceria - Serguem Jessui - Tearfund

O mapa das drogas no estado - Túlio Polari - Governo da Paraíba


Estarei lá e espero que as pessoas que tenham disponbilidade e interesse venham adquirir conhecimento para influenciarmos nossa sociedade positivamente.