sexta-feira, 25 de julho de 2014

Look 137- Camisa 3/4 e Saia de Tweed


É não teve jeito, até agora inverno em João Pessoa, só no calendário mesmo. Quando ensaia uma chuvinha, derrepente sai um "solzão". Não posso dizer que acho esse clima ruim, mas você aqui tem que tá preparado. Essa semana fui ao banco e passando na frente do Paraiba Palace notei umas faixas anunciando Promoção de Rodízio, achei isso tão deselegante (não quer dizer que a pessoa não possa fazer propaganda, mas poxa num prédio histórico colocar uma faixa "promoção de rodizio" achei nada a ver). Ai tirei uma foto por causa disso e fui ao banco. Quando saí do banco (40 minutos depois) o céu tava lindo, limpo e azul, não resisti e tirei outra foto. E eu tinha saido de guarda-chuva e me arrependendo pq não tava de casaco... Então gente, João Pessoa é assim.

Diante desse clima, mesmo sendo inverno, eu sempre ando de guarda-chuva, óculos de sol e protetor solar; uma roupa leve com um casaquinho por cima; sapato, sapatilha e um chinelo para emergências. Depois perguntam por que mulher precisa de bolsa grande...


Mas chega de assuntos meteorológicos por hoje, vamos ao look. Continuando nessa carinha de roupas para o inverno, pro look de hoje temos: Uma Camisa de Algodão + Saia de Tweed. 
A camisa preta de manga 3/4 é bem leve por causa do tecido (que amassa demais, acreditem, eu passei antes de sair de casa) e a saia tem esse tecido com cara de quentinho. Talvez se fosse um casaco de tweed não desse para usar tão facilmente no calor que faz por aqui, mas a saia dá tranquilamente. Tirei foto de salto, mas trabalhei de sapatilha, o salto deixo só pra ir a igreja mesmo. A bolsa colorida quebrou um pouco a escuridão do look. 

Por hoje é só pessoaaaal!

Como é o clima por aí? Dá pra usar roupa de inverno de verdade?

Bjs procês



Créditos:

Blusa: Jampy
Saia: Aramodu
Bolsa: Dumond
Sapato: Santa Lolla

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Estilo Evangélico - Azul


Oi gente! O Estilo Evangélico esse mês teve um tema bem fácil, hehehe (sorte minha) a idéia era montar um look que tivesse a cor azul.Não tirei essa foto especificamente para o EE, mas se eu fizesse outro look seria com certeza com essa mesma camisa. Acho esse tom um dos mais bonitos de azul, dá certo com qualquer tom de pele e combina com praticamente tudo. Look todo roubado do guarda-roupa da minha irmã. De vez em quando agente faz um rodizio sabe, eu pego umas coisas dela e ela umas coisas minhas e assim as roupinhas vão rendendo mais.
Bjs


Segue abaixo os looks e os links dos blogs das meninas que participaram esse mês.



quinta-feira, 10 de julho de 2014

Look 135 - Paete+ Couro Fake

Gooooooollll da Alemanha! hehehe não resisti. 

E ai gente? Copa do Mundo quase acabando, espero que o mundo volte ao normal semana que vem! É legal torcer e talz mas já estou ansiosa para que tudo volte a normalidade. Só queria fazer um comentário antes de entrar de fato no post de hoje: Pessoas adultas que tem filhos pequenos, por favor não incentivem suas crianças a depositarem toda a sua fé, confiança em um jogo! Por favor! Vi cenas horríveis de crianças (e adultos também, mas os adultos são adultos) chorando desesperadas por que o Brasil perdeu. É SÓ UM JOGO. Não depende de quem está torcendo, ensinem isso às crianças. Enquanto assistíamos o jogo, meus filhos estavam brincando e quando viram que o Brasil tava perdendo um deles falou: "Ihhh mãe, acho que a Alemanha treinou mais que o Brasil não foi?" Dei risada e fiquei feliz, pois eles entenderam direitinho o que realmente tinha acontecido. Comentários aleatórios a parte, vamos ao post de hoje:

Acredito que essa saia de couro fake é uma séria candidata à substituir a minha saia listrada pau pra toda obra, tudo que eu tentei combinar com ela deu certo! Nesse dia resolvi estrear uma blusa que fazia tempo que tava guardada. Ela é de paetê, e, crianças + roupa de paetê, não é uma boa combinação. Bem, eles estavam de férias na casa da vó e eu aproveitei e fui pro culto com ela. Como a frente é totalmente transparente coloquei uma regata por baixo. Achei que pessoalmente ficou melhor que na foto, a câmera não conseguiu pegar direito o brilho da blusa, mas tudo bem.  Acredito que essa saia vai aparecer muitas vezes por aqui.

Bjs





Créditos:

Blusa: Maria Xique
Regata: Licor de Cassis
Saia: Black Jeans
Sapato: Arezzo

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Sobre a brevidade da vida.





Eu não gosto de ver vídeos, sou a última pessoa a ver um vídeo que todo mundo compartilha (e só depois de ver quem compartilhou e os comentários sobre o vídeo), mas semana passada eu vi um vídeo que me chocou. 


Em Belo Horizonte, no momento em que um viaduto caiu, muitas pessoas que estavam ali filmaram o ocorrido. Marcaram-me em um desses vídeos e não sei por que assisti de cara. Uma cena muito triste, uma verdadeira tragédia. O que mais me chocou foi ver a motorista do ônibus ainda com vida. Chorei. Uma coisa é ver uma ponte caída, outra é ver uma pessoa em baixo dela. Aquela imagem ficou na minha cabeça (acho que por isso não gosto muito de ver vídeos, fico impressionada com facilidade).


Não fui atrás das notícias sobre esse acidente, nem em saber quantas pessoas morreram ou ficaram feridas, sou muito fraca para essas coisas. Meus sentimentos aos familiares que perderam entes queridos, que Deus conforte o coração de vocês.


No fim de semana fiz uma pequena viagem com a igreja que faço parte e no caminho ia pensando naquela situação e Deus falou profundamente comigo.  Lembrei-me de várias passagens do livro de Eclesiastes, onde Salomão fala da brevidade da vida e sobre coisas que não podemos controlar.


“Voltei-me, e vi debaixo do sol que não é dos ligeiros a carreira, nem dos fortes a batalha, nem tampouco dos sábios o pão, nem tampouco dos prudentes as riquezas, nem tampouco dos entendidos o favor, mas que o tempo e a oportunidade ocorrem a todos. Que também o homem não sabe o seu tempo; assim como os peixes que se pescam com a rede maligna, e como os passarinhos que se prendem com o laço, assim se enlaçam também os filhos dos homens no mau tempo, quando cai de repente sobre eles.
Eclesiastes 9:11-12

“Nenhum homem há que tenha domínio sobre o espírito, para o reter; nem tampouco tem ele poder sobre o dia da morte.” Eclesiastes 8:8

“Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.” Eclesiastes 9:2

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.”Eclesiastes 9:10


Fiquei pensando naquelas pessoas que saíram para trabalhar naquele dia, fiquei pensando em todos os dias em que saio para trabalhar. Fiquei pensando em como fazemos planos, como nos sentimos potentes, fortes e às vezes até “imortais”. Não acho que seja ruim fazer planos, pelo contrário, isso é o que nos move, mas quando perdemos a noção da nossa real condição, nos tornamos tolos.


Fez-me lembrar dum fato que li sobre Steve Jobs. Quando descobriu que estava com câncer e que provavelmente teria pouco tempo de vida, ele decidiu fazer um barco que demoraria anos para ficar pronto (provavelmente depois que ele morresse). O que eu achei mais interessante na história toda é que ele disse que ficaria muito triste se vivesse mais do que o esperado e não tivesse começado a construir o barco.  Enfim, ele morreu e não viu o barco ficar pronto, mas esse projeto o incentivou a ficar vivo. Achei admirável ele aceitar a sua condição e mesmo assim não se entregar a morte.


Quantas coisas nós sonhamos realizar? Uma casa melhor, um carro, quitar uma dívida, entrar na faculdade, casar, ter filhos... todos temos sonhos e repito: não é errado sonhar. Mas para certas coisas existe um tempo a esperar, um preço a pagar. E pode ser que nunca alcancemos certos sonhos (não é o que eu espero, mas é a verdade)



O que mais me incomodou em refletir sobre tudo isso foi lembrar que existem coisas que não precisam esperar. Existem coisas que podemos fazer hoje, agora, já e ... não fazemos. Acredito que essas coisas simples são as que mais trazem arrependimento. Perdoar, dizer que ama, que quer bem, fazer uma visita ou uma ligação, brincar com seus filhos e netos, ir à praia ou à praça, e por fim o mais importante (para mim) pensar na sua eternidade. Talvez muitos leitores aqui não sejam cristãos, não creiam na Bíblia, tudo bem, respeito. Eu acredito na Bíblia e segundo ela só há uma maneira de ser salvo e ir para o céu: aceitar a JESUS como Salvador. Só temos essa vida para decidir isso, e não sabemos quanto tempo ela vai durar.



Minha conclusão disso tudo? Não espere ~tempo~ para fazer coisas que você pode fazer agora, não se desespere por ainda não ter alcançado seus objetivos, mas não deixe de tê-los. Saiba que somos como uma erva que hoje está viva e amanhã não mais, não temos poder sobre o dia da nossa morte, o que podemos fazer devemos fazer enquanto estamos vivos pois não sabemos se o dia de amanhã será bom ou mau. Na verdade não há nenhuma diferença entre nós e aquela mulher que naquele triste dia saiu para trabalhar. 

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Look 135 - Cinza Mescla + Couro


Vamos continuar nossa saga "Look de Inverno no Nordeste"? Para hoje escolhi cinza mescla e couro fake. Acho Cinza Mescla tão cara de moletom... É aquela cor que você olha e já tem cara de roupa quentinha. Mas para essa blusa aqui, é só a cara mesmo, ela é de malha e é bem fresquinha. Eu sou muito clichê, então escolhi uma saia de couro fake para combinar com o bolso da blusa, não resisti.

A blusa é daquelas tamanhos especiais G1 (veio dela até o G3), mas como gosto dessas blusas folgadonas fiquei com ela sem preconceitos (já vi gente que não comprou uma peça só por que a que coube não era o ~tamanho~ dela).  Como também acho cinza mescla uma cor com cara de esporte, usei tênis e bolsa nessa linha mais esportiva (a bolsa aliás, quase vintage, já faz 10 anos que tenho ela). Coloquei uma regata por baixo, sabe como é, qualquer vacilo você não dá lance. 






Créditos:

Blusa: Malhas 13
Regata: Licor de Cassis
Saia: Black Jeans
Bolsa: Osklen
Tênis: Adidas



segunda-feira, 30 de junho de 2014

Look 134 - Maxi Cardigan Animal Print


Inverno no Nordeste é sinonimo de chuva e não de muito frio, aqui em João Pessoa o máximo que se usa de 3ª peça nessa época é um casaquinho e olhe lá. Eu prefiro mil vezes derreter no calor do que andar na chuva, mas nossas preferências quanto a isso não influenciam em nada o tempo rsrssr, o jeito é se adaptar. 

Como eu falei no post anterior, pra se usar look de inverno por aqui tem que ser de brincadeirinha. As cores e as estampas dão essa cara mais invernal sem precisar esquentar muito.  Pra mim, Animal Print é a coisa que mais combina com inverno no mundo da moda(embora agente use o ano todo né?) então para esse inverno pessoense vamos de Animal Print. 

Provavelmente meninas do sul usem cardigans o ano todo, mas aqui tem que tá fazendo um ventinho para ele sair do armário. Gostei desse Maxi Cardigan por que ele cobre tudo! Esconde cintura, quadril, se você tá magra, se tá cheinha, tudo mesmo rsrsrs. Como o bichinho era o protagonista do look escolhi saia e regata lisa para usar por baixo. O sapato mais pesado ajudou a dar uma cara mais de ~inverno~ pro visual.

E por aí gente, já ta fazendo frio?



Créditos:

Cardigan: Caedu
Regata: Conjugal
Saia: Bruss
Sapato: Arezzo

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Look 133 - Blusa Branca + Saia Floral


Olá Pessoal! Tive alguns probleminhas técnicos esses dias e não tava conseguindo editar as fotos, então fiquei meio sumida. Problemas resolvidos, voltamos à blogosfera.

 Eu sou muito fã de saia estampada, fico sempre imaginado inúmeras combinações, mistura de estampas e talz... mas na hora do "vamo ver" e usar mesmo... sempre acabo optando pelo básico. Então com  essa aqui não foi diferente, amei a estampa, mas a prmeira vez que usei coloquei uma blusa branca rsrs. 

O look tá bem carinha de verão, mas aqui em João Pessoa o inverno ainda não mostrou a que veio, ontem choveu o dia todo, mas hoje o dia foi com um lindo céu azul, igual ao dia em que usei esse look. Antes ficava meio "noiada" em usar roupa com cara de verão no inverno e vice-versa, mas já desencanei disso. Pra usar "roupa de inverno" por aqui tem que ser de blefe, principalmente de dia. Mas aguardem, tenho alguns "looks de inverno para o inverno quente do nordeste"(Pelo menos em João Pessoa tá!?)






Créditos:

Blusa: Chocoleite
Saia: Mix
Bolsa: Capodarte
Sapato: Arezzo