quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Livro: 50 coisas que os pais nunca devem dizer aos filhos





Hoje tem dica de livro para mães, pais e professores de crianças. Mês passado fui a uma livraria para comprar o presente de amigo secreto do meu filho (o presente tinha que ser um livro) e entrar em uma livraria para mim e não comprar nada... é dificil. Para não sair de mãos vazias olhei rapidamente a capa desse livro e achei interessante (livros sobre educação infantil sempre chamam a minha atenção), comprei. Acho que existe um certo "mito" sobre as coisas que falamos, principalmente para as crianças. Não acredito no que muitas pessoas falam que "o que você disser vai acontecer", eu noto que as pessoas usam mais essa teoria quando se trata de coisas ruins. Na Bíblia há um texto excelente que fala sobre isso:



Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.
Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.
Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.
Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.


Tiago 3:1-10 (pulei alguns versículos para não ficar um texto muito grande)



Já vi muita gente falando "não fale isso! Se não vai acontecer". Se tudo o que agente falasse acontecesse, ou agente tava frito, ou tava muito bem de vida, não é assim. O que eu entendo no texto de Tiago é uma explicação clara de que nenhum homem consegue dominar totalmente a sua própria língua (existe alguém perfeito além de JESUS?). Do mesmo jeito que falamos coisas boas, podemos falar coisas ruins também e não necessariamente TUDO o que dissermos vai acontecer. Claro, devemos buscar sim a perfeição procurando dominar a nossa língua para não falarmos besteiras, coisas inúteis, proferir maldições e coisas do tipo, mas sabendo que será IMPOSSÍVEL sermos perfeitos nisso. Aí, logo nas primeiras páginas do livro me deparo com uma frase que explica exatamente o que eu pensava, mas que não tinha raciocinado para me expressar :


"A força de tais palavras reside na capacidade que possuem, por si só, de produzir uma estrutura emocional."

O que vai influenciar qualquer pessoa (principalmente crianças) com o que ouvem é a estrutura emocional que as palavras provocam. Se o que eu falo para meus filhos os deixam seguros, então eles serão crianças e, consequentemente, adultos mais confiantes e com mais chances de se dar bem na vida. Se o que falo os deixam inseguros ou com medo, serão adultos atrofiados, ou que não vão desenvolver todas as suas capacidades. 

Gente, fiquei impressionada lendo o livro. Ele segue uma estrutura bem prática: Explica a frase, como a criança vai entender, a consequência disso e o que falar no lugar daquela frase. Na parte que explicava sobre as consequências de ouvir tais frases identifiquei a minha pessoa em várias situações. Não vou dizer que sou uma pessoa medrosa, mas sou super cautelosa em várias coisas, e entendi que muito disso se deve ao fato de ter escutado muito dos meus pais: CUIDADO. Claro, esse é sempre um bom conselho, mas quando não dito da maneira certa pode travar uma pessoa, ou a deixar muito vulnerável em outras. Admito, sou travada em várias coisas por excesso de cuidado, e quando as coisas fogem das minhas mãos... fico desorientada. Mas confissões a parte vamos as frases que eu achei interessante no livro:


Primeiro as frases que eu falo falava para meus filhos, achando que tava abafando, mas entendi que posso falar outra coisa que tenha o mesmo sentido e isso fará muita diferença para eles:

- Seja Sempre o Melhor
- Pare de bancar o Palhaço. Comporte-se
- Você é pequeno Demais e muito fraco para fazer isso
- Deus não gosta disso
- Vou contar para seu pai quando ele chegar
- Não fale com estranhos
- Se você não comer tudo, vai apanhar

Outras frases que vejo muitos pais falando e que dói só de ler

- Que menino burro
- Já pedi varias vezes com paciência, mas agora estou zangado
- Você esta de castigo, vá para o quarto orar
- Pau que nasce torto, morre torto

Além dessas tem muitas outras frases bem interessantes, mas aí só comprando o livro. O meu comprei na Livraria Shalon aqui no Centro de João Pessoa, mas acredito que deve ter em qualquer livraria evangélica.


E vocês falam algumas dessas frases para seus filhos?

2 comentários:

  1. amei o blog e engraçado que ate hoje ainda não tinha acho blog de irmãs,sempre vejo muitos blog mais não de evagelicas, beijos e que Deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Irina! Entre e fique a vontade! Bjs!

      Excluir